EDITORIAL

Marcos Alves Junior

Assistente de Comunicação e Marketing da Brasiliano INTERISK
28/06/2021

Em sua edição 155/156, a revista Gestão de Riscos traz um conteúdo enriquecedor aos leitores que estão desenvolvendo conceitos e se atualizando diante aquilo que acontece no Brasil e no mundo relacionado aos cenários de Governança, Riscos e Compliance. É importante ressaltar que as nossas publicações são comprometidas com a responsabilidade social e científica.

Na seção Ponto de Vista, escrito pelo professor, doutor e presidente da Brasiliano INTERISK, Antonio Celso Ribeiro Brasiliano, expusemos o artigo “Risco Bolsonaro: como a má gestão da pandemia empurra o Brasil para a instabilidade”, em que o autor discorre sobre os impactos negativos gerados pelas decisões dos nossos governantes, ressaltando a marca de mais de 500 mil mortos pela Covid-19.

Já na seção Entrevista, a jornalista da Brasiliano INTERISK, Roselaine Araujo, trata dos benefícios obtidos pela REFER - Fundação Rede Ferroviária de Seguridade Social, ao investir na implantação do Software INTERISK. Na entrevista, ela fala com Saulo Maia, gerente de Riscos e Compliance da Fundação.

No texto “As vozes dos alunos: 57ª turma do curso MBS em Segurança Empresarial aprova conteúdo amplo de Gestão de Riscos e avança na carreira com certificações internacionais”, também redigido por Roselaine, a jornalista entrevista alguns alunos da 57ª turma do curso de MBS em Segurança Empresarial (Master Business Security – MBS). O curso teve início em março deste ano e, pela segunda vez, foi 100% em EAD (ensino a distância).

O artigo intitulado “Ações de Contrainteligência dentro dos governos e empresas”, pelo autor Cláudio dos Santos Moretti, CES, ASE Diretor da CSM – Consultoria e Treinamento em Segurança Empresarial, expõe a divisão da Contrainteligência em duas categorias e as ações referentes a cada uma delas no âmbito de empresas e governos.

Em uma análise feita, também, pelo professor, doutor e presidente da Brasiliano INTERISK, Antonio Celso Ribeiro Brasiliano, no texto “O negacionismo da alta gestão em relação aos riscos cibernéticos faz com que os hackers sejam mais estruturados. Por quê?”, o autor relata como as atitudes de negação dos executivos em relação aos Riscos Cibernéticos impactaram no aumento de ataques cibernéticos no Brasil e no mundo.

Na publicação “Ataque cibernético nos EUA gera estado de emergência em 17 estados do país”, Roselaine disserta sobre o ataque cibernético sofrido pela Colonial Pipeline, rede de oleodutos norte-americana, em maio deste ano. O ataque foi responsável por paralisar todo o transporte de combustíveis por uma semana e forçou o governo a decretar estado de emergência em 17 estados do país.

E no artigo “Desafios para vender Segurança em meio à pandemia de Covid-19”, escrito por Marcelo Bando, superintendente comercial Grupo GR e diretor de marketing da Associação Brasileira de Profissionais de Segurança (ABSEG), o autor fala sobre as dificuldades em vender serviços relacionados a segurança em meio à pandemia da Covid-19.

Por fim, na seção Acontece, é possível acompanhar a cobertura de dois eventos (Webinars) organizados pela Brasiliano INTERISK. Em um deles, ocorrido no dia 28 de abril, a especialista e diretora da Brasiliano INTERISK, Sandra Alves, demostra como é feita a Gestão de Perdas aplicada ao sistema. No outro, realizado no dia 25 de maio, ministrado por Antonio Brasiliano, professor, doutor e presidente da Brasiliano INTERISK, é explicado como a sua empresa pode fazer a implantação e operacionalização da LGPD de maneira prática e objetiva.